• Driele Quinhoneiro

Olhando com curiosidade para a raiva

Os movimentos liberam a raiva que estava presa na base do corpo

A raiva tem uma direção e vai para cima até que toca o coração

O coração adormecido apenas estremece e nada acontece


O movimento continua liberando a raiva

Mantendo o coração mais quente

O coração ainda sonolento começa a mover e soltar

Está ferido e tem medo


Começa a abrir e fechar em um movimento rápido reconhecendo o ambiente

A abertura ventila

A prática fortalece

Desabrocha


E quando o movimento desprende a raiva da base do corpo agora ela encontra a bondade amorosa

Irradiando sem limites

Como a própria força da vida


Texto que brotou depois de uma prática em grupo


Para quem quiser experimentar gratuitamente prática guiada de bondade amorosa clique aqui!

15 visualizações0 comentário