• Driele Quinhoneiro

Quatro maneiras de cultivar a felicidade

Você gostaria de ser feliz ? Todo mundo deseja ser feliz! Esse desejo faz parte da nossa natureza… Mas as razões pelas quais a felicidade surge são variadas e complexas. Muitas pessoas pensam que você “acha” a felicidade; no entanto, a felicidade não é “uma coisa”, pois isso nunca é perdida.


Felicidade é uma experiência, e as condições para ter essa experiência são simples. Aqui falaremos de quatro maneiras em que a alimentação consciente pode ajudar a cultivar as formas da felicidade que já existem ao nosso redor:

1. A maneira mais fácil de cultivar a felicidade é você se permitir ao prazer de comer. Toda vez que você perceber a beleza de um alimento ou da comida, respire profundamente e busque pelo sentir os aromas da refeição. Observe a sensação da comida na boca, o toque do garfo na sua boca, ou o som de uma mordida.

Você estará nutrindo a felicidade! Vá em frente e mergulhe nessa experiência de felicidade enquanto você se alimenta!

2. A segunda maneira é sobre observar e apreciar os estados mentais agradáveis, como alegria, compaixão e paciência.

A vida é estressante e desafiadora, por isso, a habilidade da autocompaixão nesses momentos é um presente.

Você pode começar sua prática observando a alegria quando ela surgir ou procurar “o que é bom” em uma situação da vida… Isso ajuda a encontrar os sentimentos bons nas situações desafiadoras. Observe a felicidade que surge quando você tem pensamentos positivos.

3. O terceiro ponto é focar a atenção ao invés de se dividir em várias funções. Quando você se permite focar a atenção em uma coisa, num projeto, numa experiência, a “voz tagarela” e a distração que nos cercam começam a silenciar e a mente fica livre para se concentrar naquilo que está no momento.

Criar oportunidades para concentrar a mente e focar a atenção em um coisa é um presente, ainda mais para as vidas super-programadas que cultuamos hoje. Saboreie a alegria de se concentrar no momento presente!


4. A quarta maneira de nutrir a felicidade é deixar ir as expectativas.

Por exemplo, a ideia de que comer consciente vai ajudar você a fazer X ou Y. Não se distraia com o amanhã. Torne-se presente e saboreie a maravilha da consciência, o surgimento da sabedoria e a sensação que surge quando se pratica alimentação consciente. Bem vindos à alegria do “insight”!

Se pensarmos na praticidade das maneiras de cultivar a felicidade, o comer consciente é a mais simples de começar. É simplesmente praticar a habilidade de perceber a alegria e o prazer que estão presente todos os dias nas nossas refeições.

Nutrir esses quatro tipos de felicidade de forma consistente quando a vida é boa e agradável torna cada momento mais especial. Ao mesmo tempo, fortalece a força emocional e resiliência quando a vida é desafiadora.


Fonte : Four Ways to Nourish Happiness

by Megrette Fletcher – https://www.thecenterformindfuleating.org/TCME-Blog/7326977

Tradução: Maria Beatrix Stern (estudante de Nutrição e Metabolismo USP – Ribeirão Preto)

Revisão: Driele Quinhoneiro


#mindfulness #mindfuleating

8 visualizações0 comentário